#ThinkMobile - O mundo está em nuvem

Coluna de junho de 2015 da Revista Somando
http://rdplanalto.com/revista-somando/

#ThinkMobile - O mundo está em nuvem
http://thecommunicationrevolution.com.br/

Adriano Canabarro Teixeira
Doutor em Informática Aplicada em Educação, pós-doutor em Educação, professor e pesquisador do Curso de Ciência da Computação e dos cursos de Mestrado e Doutorado em Educação da UPF.
Contato: teixeira@upf.br

O mundo está em nuvem, acessível e sem fronteiras… Assim se enuncia a premissa número 5 do documento The Communcation Revolution, organizado pela RBS, sobre o qual tenho dedicado as colunas da revista Somando deste ano. São três os gargalos do desenvolvimento tecnológico: processamento, armazenamento e conexão. Não temos mais problemas com os dois primeiros uma vez que nossos celulares possuem processadores mais potentes do que o de computadores lançados há 10 anos, e levamos em nossos pen drives uma quantidade de dados que seria inimaginável até pouco tempo atrás. Entretanto, é preciso reconhecer que temos muito a avançar na conexão, ou seja, na infraestrutura tecnológica que nos permite a possibilidade de transferir dados e, principalmente, de armazená-los e acessá-los diretamente onde estão - nas nuvens.


A expressão “nas nuvens” faz referência a informações que estão armazenadas em um determinado computador localizado em qualquer lugar do mundo e, em virtude da impossibilidade de uma localização geográfica precisa, utiliza-se a metáfora da nuvem. Mas partamos do princípio de que é uma questão de tempo para que estejamos todos conectados por meio das velozes e poderosas redes de computador. A partir disso, poderemos começar a tratar da premissa deste mês, que nos impele a pensar de forma móvel: Think Mobile!
Esta premissa parte do fato de que nossos computadores, que nos dão acesso ao mundo, não estão mais aprisionados a uma mesa, passaram a ser portáteis, miniturizados e conectados permanentemente. Vivemos em um tempo em que o celular é a primeira tecnologia que acessamos quando acordamos, e a última que utilizamos antes de dormir. Estamos sempre ligados e conectados.
Tal situação de conexão e mobilidade altera totalmente nossa percepção de tempo e espaço, uma vez que nos permite estar em qualquer lugar do mundo sem sair do ponto em que estamos. Nos permite, ainda, acesso permanente ao que os outros estão fazendo, conectando-nos de forma sutil e possibilitando que tenhamos uma consciência ampliada de que, de fato, fazemos parte de uma rede e que, quanto maior o número de conectados, mais densa se torna esta rede de conexões. Os contatos que carregamos em nossos celulares, representam o mesmo número de pessoas que levamos conosco e que estão permanentemente acessíveis, independente do local onde se encontram fisicamente. Aceite o inimaginável, assuma a possibilidade de novos formatos e novas configurações; mobile é convívio, conveniência, é recriação de experiências. Pense mobile e subverta antigas concepções de tempo e espaço. Think Mobile!


Esta coluna está disponível em http://nossacibervida.blogspot.com.br/

http://goo.gl/7LGjR0
[Somando de maio de 2015]
[Somando de abril 2015]
http://goo.gl/3rwqLs
[Somando de março 2015]
[Somando de fevereiro 2015]
[Somando de janeiro 2015]
http://goo.gl/1bKj2d

Comentários